Published in Blog
maria filomena fale' maria filomena fale'

A Viagem de Alice - E o vencedor foi...

Quem não luta pelos seus direitos, não é digno deles.
Ruy Barbosa

Passado que está todo o alvoroço das campanhas eleitorais para as eleições autárquicas em Cabo Verde, eleições efectuadas, votos contados, análises feitas...constatei que o vencedor foi... a abstenção!

Segundo os dados oficiais, nas eleições houve uma taxa de abstenção de 41,7%.

Acho lamentável.

Países há onde ditaduras estão fortemente implantadas, onde as eleições livres não passam de uma miragem e as que existem não passam de uma palhaçada.

O continente africano está repleto de países onde tal acontece.

Cabo Verde é um oásis de democracia em África e, não obstante, há uma quantidade enorme de pessoas que se demite, que não se importa, que não quer saber.

Num país onde a liberdade é um verbo que se pode conjugar!

Este assunto nada tem a vêr com a política partidária, tem a vêr com a maturidade democrática de um povo, com a consciência que um voto é um direito de afirmação e de participação na vida de uma determinada comunidade.

Já percebi que as pessoas entendem o acto de votar como um dever, o que me deixa sinceramente espantada.

Ora se é um dever... tudo o que se pretende é fugir dele, como é evidente.

É urgente mudar. É urgente fazer entender que o voto é um direito.

Cívico certamente e pessoal também.

É uma manifestação de pensamento, de escolha.

Não deve ser alienado. Não pode ser alienado.

Tenho a certeza que, em todos os municípios do país, muita gente vai reclamar contra a gestão autárquica resultante das eleições do passado dia 5.

Sempre que ouvir uma reclamação vou perguntar: tu foste votar?

Porque quem não vota não pode falar, não é digno do direito que é seu, pelo simples facto de existir.

Maria Filomena Fale'