Published in Economia
melhorias melhorias

Angola - Governo prevê crescimento da economia de 2,1% em 2017

  • Em 2017 o país espera produzir mais de 1,8 milhões de barris de petróleo por dia, um preço estimado de 46 dólares por barril

Santa Maria - 31 de Outubro - De acordo com o Governo angolano, a economia cresçará até 2,1% em 2017, ano em que espera produzir mais de 1,8 milhões de barris de petróleo por dia, a um preço estimado de 46 dólares por barril, informaram os dados do relatório de fundamentação da proposta de Orçamento Geral do Estado (OGE).

O documento, que deu entrada sexta-feira na Assembleia Nacional e ao qual a Lusa teve hoje acesso, prevê igualmente que as contas públicas voltem a apresentar um défice, no próximo ano, de 5,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

O Governo prevê ainda uma taxa de inflação para todo o ano de 15,8%, mas só em Setembro os preços já tinham subido em Luanda quase 40% (a um ano).

Em todo o próximo ano, Angola prevê produzir 662 milhões de barris de petróleo, setor que deverá render à economia (PIB petrolífero), nos cálculos do Governo, 3,753 biliões de kwanzas (20,7 mil milhões de euros), numa previsão de 46 dólares por barril, contra os 40,9 dólares estabelecidos para 2016.

As perspetivas de crescimento para o setor não petrolífero, lê-se ainda na proposta de OGE para 2017, resultam da combinação de crescimento positivo esperados nos setores da energia (40,2%), agricultura (7,3%), pescas (2,3%), construção (2,3%) e indústria transformadora (4%).

O PIB angolano - toda a riqueza produzida no país - deverá crescer para 19,746 biliões de kwanzas (109 mil milhões de euros) no próximo ano.

Foto da capa: P. Parente

Ocean Press - Redação