Published in Reportagem
família em perigo família em perigo

Praia - Mãe desesperada pede ajuda para construção de moradia para os filhos

  • Edna Borges, entretanto, não é a única mãe chefe de família que sofre com a falta de um teto condigno. São dezenas de casas cujas coberturas estão prestes a desabar a qualquer momento, sendo que a dela está numa situação perigosa que merece a atenção imediata das autoridades competentes

Praia - 24 de Outubro - Edna Da Veiga Borges, mãe de quatro filhos, moradora da zona de Fundo Safende, cidade da Praia, está desempregada e clama por ajuda de terceiros para conseguir dar aos seus filhos melhores condições de vida.

Edna Borges vive com os filhos e o marido, e têm como a única fonte de subsistência a venda de “ferro velho”. Daí que conseguem tirar algum dinheiro para darem de comer aos filhos.

Vivem debaixo de uma barraca, circulados por ferros e plásticos. Após as últimas chuvas que caíram a família passou por maus momentos.

“Quando choveu começou a entrar água por todo o lado e tivemos, várias vezes, que mudar os móveis de lugar durante a noite, mas o medo era tanto que ninguém conseguia pregar o olho", conta.



Num vídeo que circula na Internet, feita por um grupo de joven pertencentes ao movimento Safendetudora, Edna Borges afirma que antes moravam numa casa alugada, mas que devido à falta de trabalho, tiveram que procurar outra alternativa.

“Comprei esse terreno, tendo começado a pagar aos poucos, porque já não aguentava mais viver à custa dos outros, e agora só faltam seis mil escudos para terminar o pagamento deste terreno”, conta.

A mãe, desesperada, diz não contar com ajuda de ninguém, nem mesmo dos familiares. “Há dias que não tenho nada para cozinhar para dar de comer aos meus filhos”.

Edna Borges, entretanto, não é a única mãe chefe de família que sofre com a falta de um teto condigno. São dezenas de casas cujas coberturas estão prestes a desabar a qualquer momento, sendo que a dela está numa situação perigosa que merece a atenção imediata das autoridades competentes.

Ocean Press – Redação